Afinal, o que é o casamento? O plano original.

Todos tem uma opinião sobre o casamento, seja boa ou ruim, mas o fato é que esse é um assunto que sempre está na boca do povo.
Há alguns dias numa reunião do condomínio, uma pessoa ao ouvir a outra dizendo que seu filho iria casar em breve, fez o comentário: “Ele tem certeza de que quer isso?”. No tom de voz, sarcástico, ficou óbvio que o autor do comentário não vive um casamento feliz.

Isso porque ele não sabe o que é o casamento, e não conhece verdadeiramente Aquele que luta a favor do casamento.

Na mídia, também se fala muito sobre o casamento. Só que as notícias estão sempre tentando o desvalorizar, dando a entender que ele é uma instituição falida. E insistentemente são mostrados reportagens, filmes e documentários alegando que o casamento é opressor, monótono e sem graça.

Isso porque eles não conhecem Aquele que dá vida ao casamento.

Talvez a sua experiência pessoal, lá no íntimo do seu ser, diga que o casamento traz dor, fracasso e que muitas vezes acaba em… divórcio. E ao ouvir tantas opiniões, num misto de sentimentos, quando alguém pergunta a você quando será a sua vez, você responde: “ah… casaremos em breve”. Mas bem no fundo sua alma grita: “afinal, o que é o casamento? Será que vale a pena?”

Mas e você, conhece Aquele que criou o casamento? Você sabia Deus mesmo foi quem idealizou a união de um homem com uma mulher, a chamou de aliança e disse que era muito bom. O casamento é uma aliança, esse é o plano original. (leia aqui)

Deus opera através de aliança

Nada melhor do que a Palavra de Deus para explicar esse tema tão central da nossa vida. Ela é a verdade. E é possível perceber que “aliança” é um assunto presente em todas as páginas desse livro sagrado.

Primeiramente vamos ás definições. Aliança é um pacto, um acordo inquebrável realizado entre duas ou mais partes em prol de um objetivo em comum.

Observando na Bíblia, percebemos que quando uma aliança é formada, são declarados os votos (votos são os termos da aliança), ela é selada através do sangue e utiliza-se um sinal como indicativo e lembrança deste pacto.

Deus é um Deus de aliança. Ele zela pela aliança que é estabelecida, mesmo que ela tenha sido realizada em circunstâncias erradas, contra a Sua vontade. Se você quiser saber mais sobre como Deus pensa e age numa aliança, leia o que aconteceu com Israel em Deutoronomio 7:1-3, Josué 9:3-18, Josué 10:1-14 e 2 Samuel 21:1-14.

Declaramos que Deus é um Deus de aliança porque por toda a Bíblia, TODA A BÍBLIA, é possível ver Deus agindo por meio de alianças. Seja com Noé, Abraão, Sansão, Moisés, todo o povo de Israel, Davi, os profetas e inclusive com… você!

Ao entrarmos numa aliança com Deus, entramos com tudo o que temos (pecados, medo, culpa, dor, doença, morte) e Deus entra com tudo o que Ele possui (santidade, pureza, poder, amor, glória, paz, vida). O sangue que foi derramado nessa aliança é preciosíssimo, é o sangue de Jesus Cristo. E o símbolo, é a ceia que realizamos junto com nossos irmãos.

O plano original

Agora, voltando a aliança que é estabelecida no casamento, ela é feita entre o noivo e a noiva. Não é um contrato, pois o contrato tem obrigações limitadas, tem uma duração estabelecida, e se uma das partes descumprir os seus deveres e obrigações, o contrato pode ser rescindido.

Não é assim na aliança do casamento. Ela tem obrigações ilimitadas e validade por toda a vida. As partes entram com tudo o que tem. E mesmo que uma delas não cumpra o que prometeu, a outra não está isenta de cumprir a sua. Por isso antes de casar, pense bem. É melhor não casar do que casar levianamente.

Este é o plano original: uma aliança de amor incondicional, à semelhança do amor de Jesus por nós. É por isso que Ele mesmo diz:

“Portanto, o que Deus uniu, ninguém o separe” Marcos 10:9

Tem uma promessa aqui: Deus é quem une, que torna dois em um. E Ele é poderoso para manter essa união, a unidade perfeita do casal. Ele pode e Ele quer.

Por isso, convide Jesus para fazer parte dessa aliança. Ele entra com tudo (amor, paz, alegria, vida, poder, graça, justiça, bondade) e faz o nosso casamento ter vida abundante.

O primeiro milagre de Jesus foi realizado em um casamento (Leia a história completa aqui).  Aquele casal decidiu convidar Jesus para fazer parte de sua história, e a vida deles nunca mais foi a mesma. Jesus transformou a água (corriqueiro, normal, sem gosto) em vinho (surpreendente, sobrenatural, abundância). Você tem alguma dúvida de que aquele foi o melhor vinho já experimentado aqui nesse mundo?

É esse o desejo Dele para a sua aliança de casamento. Transformar a vida de casado comum (rotina, o normal, o dia a dia ) em uma história jamais experimentada por nenhuma outra pessoa (única, sensacional, acima do normal).

O casamento é uma aliança e Deus zela por ele. Convide Jesus para fazer parte da sua aliança de casamento, vai fazer toda a diferença.

Fiquem na paz de Cristo!

Posts recomendados

Deixe um comentário